Menu
RSS

Críticos de cinema são demasiado velhos para apreciar "Venom", diz Todd McFarlane

 

Todd McFarlane, quem 1988 criou juntamente com David Michelinie a personagem de Venom, veio a público atacar os criticos de cinema pelos ataques ao filme, declarando que o facto deles serem demasiado velhos impediu-os de gostar do filme: "Acho que às vezes os críticos percebem mal e esquecem a sua idade. Eles chegam, com os seus 42 anos, com a atitude do "Parem com isso". E se eles tivessem 16 anos e estivessem assistir a este filme? Iam adorar.", disse o autor ao portal Yahoo.

Para McFarlane, o filme "entregou tudo o que deveria entregar" e triunfou em comparação com a inclusão da personagem em Homem-Aranha 3 de Sam Raimi, onde Eddie Brock / Venom foi interpretado por Topher Grace: "Quando a personagem de Topher Grace se transformou em Venom, ele realmente não adicionou muito peso", disse McFarlane. "Intencionalmente, tornei-o maior porque sempre quis que se sentisse como se Peter Parker/Homem-Aranha estivesse enfrentando um elefante  (...) [o Homem-Aranha] teria de usar o cérebro em vez da força."

Recorde-se que Venom, apesar de não ter conquistado a crítica (29% no Rotten Tomatoes), conseguiu cerca de 850 milhões de dólares em todo o mundo.

Com Tom Hardy (Mad Max: Estrada da Fúria), Michelle William (Wonderstruck), Riz Ahmed (Nightcrawler - Repórter na Noite) e Woody Harrelson (The Hunger Games) no elenco, Venom tem a realização de Ruben Fleischer (Bem-vindo à Zombieland).

Fortnite processado por replicar a dança de Carlton em "O Príncipe da Bel-Air"

O ator Alfonso Ribeiro, mais conhecido por interpretar Carlton Banks na antiga sitcom O Príncipe da Bel-Air, avançou com um processo em tribunal contra os criadores do videogame Fortnite, alegando que estes roubaram os seus famosos movimentos de dança sem permissão. O ator alega que a dança “Fresh Emote”, interpretada por personagens do Fortnite, é uma cópia direta de seus movimentos de dança em O Príncipe da Bel-Air.

Resultado de imagem para carlton dance gif

 

Resultado de imagem para Fresh Emote gif prince bel air

De acordo com a CNN, o processo afirma: "Vinte e sete anos depois, a Dança permanece distinta, imediatamente reconhecível e indissoluvelmente ligada à identidade, celebridade e imagem de Ribeiro".

Para além de Fortnite, Ribeiro vai ainda processar outro videojogo (NBA 2K), pela mesma razão.

Recorde-se que há uns anos atrás o ator falou da inspiração para a dança, que alegadamente nunca tinha a intenção de ser engraçada: "A base da dança é, em última análise, a Courteney Cox no videoclipe do Bruce Springsteen 'Dancing in the Dark'. Ou o vídeo de Eddie Murphy (White People Can't Dance) (...) Eu disse: "Essa é a dança mais corajosa do planeta que conheço, então porque não faço isso?"


 

"Leto" é o melhor do ano para a Les Inrocks

 

Depois da famosa Cahiers du Cinéma divulgar os seus filmes preferidos de 2018, com Les garçons sauvages no topo das escolhas, coube à prestigiada Les Inrockuptibles apresentar a sua lista.

O filme Leto de Kirill Serebrennikov - que surge também na lista da Cahiers (em 9º) - foi considerado o melhor do ano, sendo acompanhado no pódio por Mektoub, my Love: canto uno de Abdellatif Kechiche e The Post de Steven Spielberg. As listas têm algumas semelhanças, para além de Leto e The Post. Como podem ver abaixo, os filmes de Hong Sang-soo, Lars von Trier e Bertrand Mandico fazem parte das duas seleções.

Vale a pena referir que Leto vai estrear no nosso país em 2019, através da Films4You.

 

Aqui fica o top 10 da Les Inrocks:

1 “Leto” de Kirill Serebrennikov
2 “Mektoub, my Love : canto uno” d’Abdellatif Kechiche
3 “The Post” de Steven Spielberg
4 “Plaire, aimer et courir vite” de Christophe Honoré
5 “Mes provinciales” de Jean-Paul Civeyrac
6 “High Life” de Claire Denis
7 “The House That Jack Built” de Lars von Trier
8 “En liberté !” de Pierre Salvadori
9 “On the Beach at Night Alone” de Hong Sang-soo
10 “Les Garçons sauvages” de Bertrand Mandico

Assaltado em casa, Quentin Tarantino "afugenta" ladrões

O cineasta Quentin Tarantino foi assaltado na sua casa em Los Angeles a 16 de dezembro, avança o TMZ (via IndieWire). O incidente ocorreu por volta da meia-noite, quando dois suspeitos do sexo masculino invadiram a casa de Tarantino para roubar "jóias e outro material". O cineasta estava em casa, alegadamente "confrontou" os ladrões e estes fugiram com aquilo que tinham acumulado no roubo até então. O Departamento de Polícia de Los Angeles foi notificado sobre o roubo e agora proocura um vídeo de vigilância para ajudar a identificar os dois suspeitos.

Recorde-se que Tarantino vai lançar em agosto de 2019 o seu novo filme, Once Upon A Time in Hollywood.

Na fita estamos em Los Angeles durante o verão dos assassinatos de Charles Manson. Leonardo DiCaprio será Rick Daltonum ator famoso na TV cuja transição para o cinema não funcionou. Por volta de 1969, ele surge como convidado em programas com outros protagonistas e deseja ir para Itália, onde os westerns de baixo orçamento estão na moda. Brad Pitt será Cliff Booth, o seu duplo há longos anos. Ambos lutam no quotidiano para triunfarem em Hollywood, com Rick a poder ter a solução, já que é vizinho de Sharon Tate (Margot Robbie). 

James Marsden, Julia Butters, Timothy Olyphant, Michael Madsen, Tim Roth, Al Pacino, Damian Lewis, Luke Perry, Emile Hirsch, Dakota Fanning, Clifton Collins Jr, Keith Jefferson e Nicholas Hammond fazem também parte do elenco.

Contactos

Quem Somos

Segue-nos